Ouça agora na Rádio

Destaques

Compartilhe agora

Covid-19 – Região volta para a Bandeira Vermelha

Postado em 13/11/2020 por

img-page-categoria

Com níveis de hospitalização por Covid-19 e de internações em leitos de UTI que não eram registrados no mínimo há dois meses, o mapa preliminar da 28ª semana do Distanciamento Controlado, divulgado nesta sexta-feira (13/11), tem 11 regiões do Rio Grande do Sul com classificação de bandeira vermelha, o que representa alto risco epidemiológico.

O número de internados em leitos clínicos chegou, na quinta-feira (12/11), a 914 pacientes, aumento de 22% na comparação com a semana anterior. Houve elevação de 14% de infectados por coronavírus em UTI, o que provocou queda de 11% na disponibilidade de leitos para tratamento intensivo em toda a rede.

O único indicador que não apresentou elevação foi o de óbitos, com redução de 22%. 

A região de Passo Fundo volta à Bandeira Vermelha conforme o mapa do Estado. Por causa da Covid-19, a região tem 34 pessoas em UTI (antes, eram 29) e 49 ocupando leitos intensivos por SRAG (antes, eram 37 pacientes). Na quinta-feira (12/11), Passo Fundo reunia 60 pessoas infectadas pelo vírus em leitos clínicos: há uma semana, eram 52.

No entanto, é uma das regiões em cogestão, e, mesmo que classificadas em bandeira vermelha podem adotar regras de bandeira laranja, e as classificadas em laranja podem adotar protocolos de bandeira amarela, basta que enviem protocolos próprios adaptados à Secretaria de Articulação e Apoio aos Municípios (Saam).

Paralelamente aos pedidos de cogestão, o Estado aceitará pedidos de reconsideração à classificação de risco, que podem ser feitos via associação regional.

O mapa definitivo sai na segunda-feira.

Com informações, governo do RS

Deixe um comentário

Ao enviar um comentário você concorda com nossas politicias de comentários, saiba no link ao lado. política de comentários