Ouça agora na Rádio

N Notícia

Chefe do Pentágono: operações turcas na Síria distraem dos esforços para derrotar Daesh

FOTO: © REUTERS/ Khalil Ashawi

Chefe do Pentágono: operações turcas na Síria distraem dos esforços para derrotar Daesh

O secretário de Defesa dos Estados Unidos, James Mattis, apelou à Turquia para que mostre moderação na sua operação contra a milícia curda na cidade síria de Afrin.

Todas as informações compartilhadas Sputnik Brasil

"A violência em Afrin perturba uma área que era bastante estável na Síria, distraindo dos esforços internacionais para combater o Daesh [grupo terrorista proibido na Rússia], disse Mattis a jornalistas durante sua turnê pela Ásia.

O chefe do Pentágono disse que os EUA entendem as preocupações de segurança de Ancara devido à atividade de insurgentes curdos no seu território. Apesar disso, Mattis avisou que a violência na região de Afrin pode ser aproveitada pelos terroristas do Daesh na Síria.

"Apelamos à Turquia para que mostre moderação nas ações militares e na retórica", acrescentou.

No dia 20 de janeiro, Turquia iniciou a operação "Ramo de Oliveira" nos arredores da cidade síria de Afrin, ao noroeste de Aleppo. A operação visa combater grupos jihadistas e o YPG, a ala armada do Partido da União Democrática Curdo-Síria (PYD). Para a Turquia, o YPG é uma extensão do PKK, banido no país como uma organização terrorista.

Após uma ofensiva aérea, da qual, de acordo com o Estado-Maior turco, participaram 72 aeronaves e um total de 153 alvos foram destruídos, o governo turco anunciou no domingo o início de uma operação terrestre na área.

FONTE: SPUTNIK BRASIL
Link Notícia