Ouça agora na Rádio

N Notícia

adoro cinema

FOTO: adoro cinema

E se O Rei Leão fosse contado com músicas da Beyoncé?

Informações Compartilhadas Adoro Cinema

O remake de O Rei Leão promete misturar nostalgia com grandes efeitos especiais e ter James Earl Jones reprisando o papel de Mufasa, mas sejamos sinceros: o povo quer saber mesmo de Beyoncé. Afinal, a internet surtou ao saber que a famosa cantora vai dublar Nala no projeto de Jon Favreau. E a ansiedade só aumentou com o lançamento da canção "Spirit" para a trilha sonora.

Diante de tal escalação (e do anúncio que Beyoncé fará um álbum inspirado nos estilos africanos só para acompanhar The Lion King), surgiu uma ideia inusitada nas mentes excêntricas da redação do AdoroCinema: e se a história de Simba fosse contada através dos hits da ex-integrante da Destiny's Child?

Não nos entenda errado, amamos a trilha sonora da animação original (Elton John, me adota, seu lindo!), mas vai dizer que não ia render um filme maravilhoso? Enquanto dia 18 de julho não chega com o novo O Rei Leão, brique e imagine conosco...

O Rei Leão começa com aquela abertura icônica ao som de "Circle of Life", mostrando o nascimento do futuro rei da selva. Logo, a versão Beyoncé também precisa iniciar com uma canção poderosa, toda trabalhada numa forte batida, para já conquistar a atenção do público. E se puder ser uma melodia sobre empoderamento, ainda melhor... Visualize a união de todos os animais, movidos por "Run the World (Girls)"!

Em seguida, o público conhece um pouco mais sobre o delicado equilibrio da fauna, com informações de Zazu, enquanto o rei dá uns ensinamentos para Simba. Ou seja, a festa começou e está na hora de aprender os passos necessários. Nada melhor traduz isso do que "Get Me Bodied."

Agora, se estamos imaginando um (louco) remake de O Rei Leão com canções de Beyoncé, é inegável que a história terá mais presença feminina. No caso, trazer a visão de Nala em tal universo. Então, se Simba está se divertindo a beça com "I Just Can't Wait to be King", a história pode aproveitar para fazer com um contraponto com "If I Were A Boy" mostrando a visão da leoa, percebendo que nunca poderia chegar ao poder por ser fêmea. 

Para Scar, não existe outra canção que o defina melhor: ele é uma "Diva"! A letra de Beyoncé, literalmente, diz que uma "diva é a versão feminina de um malandro", ou seja, é perfeita para um vilão da Disney fazer sua grande performance egocêntrica, já planejando suas maldades e sem deixar ninguém atrapalhar seu caminho.

Um dos momentos mais emocionantes do filme é quando Mufasa morre de maneira trágica. É uma cena icônica e não somos loucos de mexer nisso. Porém, é muito triste e traumatiza gerações de crianças pelo mundo. Então, seria bom usar essa hora para ressaltar o espirito sobrevivente de Simba (e dar uma animada na trama), com "Survivor" das Destiny's Child. Afinal, se Simba é Beyonce, é o momento de chegar seus aliados, a Kelly Rowland e Michelle Williams — Timão e Pumba!

Somente uma canção icônica poderia ter a audácia de substituir "Hakuna Matata". Algo com um refrão viciante, que dê vontade de dançar e que tenha um trio principal marcante em seu clipe. Vem com tudo "Single Ladies".

Em seguida, vem Timão e Pumba felizes e contentes na natureza, sem se importar com os problemas, cantarolando "The Lion Sleeps Tonight" e entoando "Imbube" diversas vezes — algo que todos nós cantamos errado, em algum momento de nossas vidas. Que outro hit de Beyoncé mostra a moça "de boas" na natureza e dando uns agudos que todo mundo tenta repetir em casa? "Drunk in Love"

Uma das músicas mais românticas de Beyoncé, "Halo" surge para dar tema ao romance de Simba e Nala. Imagina eles rolando na floresta ao som de "Everywhere I'm lookin' now/I'm surrounded by your embrace/Baby, I can see your halo/You know you're my savin' grace/You're everything I need and more/It's written all over your face/Baby, I can feel your halo!"?

(Em todo lugar que eu olho agora, estou rodeada pelo seu abraço. Baby eu posso ver sua auréola, você sabe que é minha graça salvadora. Você é tudo que eu preciso e mais, dá pra ver no seu rosto. Baby eu posso sentir sua auréola!", em tradução livre)

Sinceramente, toda essa matéria só surgiu mesmo a partir da ideia de como seria maravilhoso ver a Nala de Beyoncé liderando os leões na treta contra Scar ao som de "Formation". Essa cena ia merecer um Oscar por si só.

Por fim, Simba finalmente irá retomar sua posição como rei, mostrando para Scar que ninguém é insubstituível. Ainda mais se for um traidor. Para bom entendedor, ou fã da Beyoncé, já deu para sacar que hit que encerra nossa brincadeira, né? "To the left, to the left..."

 
FONTE: adoro cinema
Link Notícia



Publicidade

Rádio Poatã Rádio Poatã Plug Consultoria e Projetos Plug Consultoria e Projetos

Peça sua Música

Previsão do Tempo