Ouça agora na Rádio

N Notícia

White House/fotospublicas.com

FOTO: White House/fotospublicas.com

Kim Jong-un se compromete a 'concluir desnuclearização da península' em documento conjunto

Hoje (12), após um encontro bilateral entre os líderes estadunidense e norte-coreano, foi divulgado, em um documento conjunto, que Kim Jong-un confirmou sua lealdade completa aos princípios de desnuclearização da península da Coreia.

Informações compartilhadas Sputnik Brasil

No mesmo documento, os EUA prometem proporcionar "garantias de segurança" às autoridades norte-coreanas em troca de elas desistirem das armas nucleares.

Ao mesmo tempo, ambos os lados asseguram que "almejam por relações novas entre os EUA e a Coreia do Norte".

Além disso, se adianta que os líderes compartilharam suas visões sobre o estabelecimento de novas relações novas e da paz "de modo detalhado, profundo e sincero".

"O presidente Trump e o presidente Kim Jong-un efetuaram um compartilhamento detalhado, profundo e sincero das visões em relação aos assuntos ligados ao estabelecimento de novas relações entre os EUA e a Coreia do Norte e à construção de um regime de paz duradouro e consistente na península da Coreia", diz-se no documento.

Comunica-se que o chefe da Casa Branca mostrou o acordo aos jornalistas que estavam assistindo à coletiva. Estes, por sua vez, conseguiram fotografá-lo.

"Para mais, Trump frisou que "sem dúvida" iria convidar o líder norte-coreano a visitar a Casa Branca e que iria se encontrar com ele "ainda muitas vezes".

O encontro dos dois líderes teve lugar no hotel Capella, que fica na ilha de Sentosa, separada da parte continental de Singapura por uma ponte. Segundo foi comunicado antes do encontro, os presidentes planejavam discutir as questões de desnuclearização completa, as garantias de paz na península da Coreia e a normalização das relações entre os dois lados.

 

FONTE: SPUTNIK BRASIL
Link Notícia



Peça sua Música

Previsão do Tempo