Ouça agora na Rádio

foto-locutor

Buscando...

Buscando...

Destaques

Compartilhe agora

La niña com intensidade moderada entra na segunda semana

Postado em 11/11/2021 por

Feature image

O fenômeno La Niña, no Oceano Pacífico Equatorial, ingressa na sua segunda semana em patamar de intensidade moderada. De acordo com o último boletim semanal da Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera (NOAA), a agência climática do governo dos Estados Unidos, a anomalia de temperatura da superfície do mar no Pacífico Equatorial Central está em -1,0ºC.

Conforme o site da Metsul meteorologia, os efeitos do fenômeno La Niña, aliás, se fazem sentir no Rio Grande do Sul neste mês de novembro. A chuva tem sido escassa ou com baixos volumes na maioria das regiões e há incursão de ar frio tardio com massas de ar frio de trajetória oceânica, como se vê nesta semana com mínimas de até 2ºC em Santa Catarina e 3ºC no Rio Grande do Sul. Tal cenário não deve se alterar nas próximas semanas com a tendência de a chuva se manter abaixo da média no território gaúcho, salvo por ocorrências muito isoladas de precipitação forte por temporal isolado típico de verão.

O cenário representa um risco para o milho que pode sofrer com a escassez de água e o calor entre os meses de dezembro e janeiro. Análise de probabilidade feita em conjunto pela NOAA e a Universidade de Columbia indica que há 87% de chance de o fenômeno La Niña persistir durante o trimestre de verão de 2021-2022, entre dezembro e fevereiro. A tendência, segundo a agência norte-americana, é de a La Niña avançar até o começo do outono de 2022.

Outros detalhes em: https://metsul.com/la-nina-em-intensidade-moderada-pela-segunda-semana-seguida/?fbclid=IwAR2MZhzbNMvTiEl1LuC66GBy6-LB56drozw8fqOzLyAt8LLimJZdOFzRTR0

Deixe um comentário

Ao enviar um comentário você concorda com nossas politicias de comentários, saiba no link ao lado. política de comentários