Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Operação policial em Santo Expedito do Sul teve como alvo grupos em disputa política

Postado em 04/05/2021 por

Compartilhe Agora
Armas apreendidas durante a operação

Uma operação em conjunta entre a Polícia Civil e a Brigada Militar na manhã desta terça (04) cumpriu 08 mandados de busca e apreensão em Santo Expedito do Sul.

O resultado da operação denominada “Pós Democracia” que tem relação a ocorrências durante e depois das eleições municipais de 2020 foi divulgado em entrevista coletiva na Delegacia de São José do Ouro. Participaram o Tenente Marcos da Rosa, comandante do 3º Pel. da Brigada Militar e o Delegado José Marcos Falcão.  

Momento da chegada dos policiais em Santo Expedito do Sul

Além dos mandados de busca e apreensão, um homem que tinha envolvimento com os fatos foi preso pelo porte irregular de munição. Ele pagou fiança e vai responder em liberdade. A relação dele com o grupo investigado não foi divulgada pela polícia.

De acordo com o Delegado Falcão, as investigações iniciaram durante as eleições de 2020, ainda na campanha eleitoral e seguiram após o pleito resultando na operação.

“Foram várias ocorrências de agressões, ameaças, tentativas de homicídios, brigas e outras situações registradas pela Brigada Militar. Cerca de 25 pessoas, ligadas a dois grupos políticos em Santo Expedito do Sul foram investigadas. Na operação de hoje, alguns destes foram alvo da polícia”, como explicou o delegado Falcão. Foram apreendidas armas, munições, celulares e dinheiro.

O grupo ameaçava eleitores durante todo o período eleitoral, e também depois do pleito utilizando as armas apreendidas, disse o delegado.

Ouça o que disse o delegado Falcão:

O delegado informou ainda que os inquéritos estão em andamento. O material apreendido será periciado e os envolvidos serão ouvidos. Ainda conforme o delegado Falcão, um crime ocorrido no dia 02 de janeiro em Santo Expedito do Sul, tem ligação. “O crime do dia 02, foi uma espécie de estopim para que a operação fosse deflagrada”. Surgiram elementos para que houvessem outras ações como a do dia 02 de janeiro com um morto e dois feridos, disse o delegado.

O tenente Marcos reforçou que a ação foi uma resposta a comunidade de Santo Expedito do Sul. Destacou que eram muitas situações de desordem e ocorrências que colocavam em risco as pessoas. “Essa é uma operação que mostra que as ações tem conseqüências. Que existe a lei, que tem de ser cumprida” afirma.

Ouça o que disse o Ten. Marcos :

O trabalho deve seguir com outras operações em conjunto entra as polícias Civil e Militar na região. Participaram ao todo 39 policiais civis e militares de vários municípios da região.  A Polícia destaca que a operação teve êxito no seu objetivo.

Del. Falcão e Ten. Marcos

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.