Ouça agora na Rádio

foto-locutor

Buscando...

Buscando...

Destaques

Compartilhe agora

Homem é preso em Cacique Doble por violência doméstica

Postado em 30/07/2021 por

Feature image

Lei Maria da Penha – Brigada Militar prende homem em flagrante por violência doméstica e apreende arma.

No início da tarde desta sexta-feira (30), por volta das 12h, a Brigada Militar recebeu a comunicação de ocorrência de violência familiar em andamento na cidade de Cacique Doble. Diante das informações do local do fato os policiais foram até o endereço e efetuaram contato com o suposto agressor e sua esposa, onde, em um primeiro momento, o agressor que possui 40 anos de idade disse que não estava acontecendo nada de mais, o que foi confirmado pela esposa do agressor;

Em seguida, os policiais perceberam que a vítima poderia estar com medo de revelar o ocorrido, em razão da presença do agressor, o qual poderia estar tentando encobrir os fatos. Na sequência os policiais perceberam que a adolescente de 15 anos apresentava sinais de agressão e confirmou aos militares que havia sido agredida pelo seu pai, o qual também agredia com frequência a sua mãe, que então confirmou que vem sofrendo com agressões e que nesta data também havia sido agredida;

Durante a prisão e condução da ocorrência a BM constatou que havia no interior da residência uma espingarda cal 32 com identificação suprimida, nove cartuchos intactos e um deflagrado, sendo tais objetos apreendidos e entregues na Delegacia de Polícia local;

Diante da confirmação da situação de flagrante delito por violência doméstica, os policiais deram voz de prisão e encaminharam autor e as vítimas até a Delegacia de Polícia, onde a Autoridade Policial lavrou o auto de flagrante delito e arbitrou fiança, porém não satisfeita pelo agressor, o mesmo acabou sendo recolhido ao presídio Estadual de Lagoa Vermelha, onde ficará à disposição da justiça.

Brigada Militar

Deixe um comentário

Ao enviar um comentário você concorda com nossas politicias de comentários, saiba no link ao lado. política de comentários